Arquivo

Archive for the ‘Microsoft’ Category

This is Sparta!! O Framework de Jogos do INdT

26 de fevereiro de 2013 Deixe um comentário

We Want You GameDev

Early 2011.

O INdT(Instituto Nokia de Tecnologia) começa o desenvolvimento de um jogo muito bacana chamado Incredible Circus para Symbian, imaginado pelo Glaubert, um designer manauara que trabalhava no instituto, ao ver o

filho pequeno com seu capacete de motoqueiro. Depois de quase um ano de desenvolvimento, é lançando e logo vira um grande sucesso.

Late 2011

O jogo é portado para Meego, e o sucesso aumenta o suficiente para que o jogo ultrapassasse a marca de meio milhão de downloads.

Janeiro de 2012.

Marcos Faleiros, Gerente do Instituto Nokia de Tecnologia reúne-se com o time de desenvolvimento de games, Heitor Repolho, Thiago Valle e Thiago Bessa,  para Windows Phone do INdT. Ele queria que o jogo fosse portado para o Windows Phone e que seria apresentado em fevereiro ainda, como estudo de caso de porting, em uma palestra na Campus Party. Apreensão. Iria dar tempo? ficaria incompleto/bugado?

TonightWeDineInHell

“Tonight We Dine In Hell!!!”.

E foi.

HellRestaurant

Por volta de 2 meses depois, estávamos na Campus Party inclusive mostrando esse caso de Porting. Os caras, além de terem feito o porting do jogo, ainda construíram um framework para criação de outros jogos! É como se

os 300 espartanos do filme tivessem não só rechaçado os persas, como ainda entrando no barco dos caras e dominaram a própria Persépolis!

XerxesRaivinha

“Foi mexer com os caras…”

Today

E é dele que falo aqui. Apresento-lhes o Sparta Framewok.

O trabalho do Sparta, basicamente é deixar sua vida ainda mais fácil e fazer com que você se preocupe o mínimo possível com detalhes operacionais e mais

Com a lógica do seu próprio jogo. Ele encapsula conceitos como States, Animation, Colisões, Camera, dentre outras coisas que você teria que fazer na mão.

Caolho

“Pensa que foi fácil? Eu perdi um olho. Ainda  bem que os deuses me abençoaram com dois”

E o mais legal é que o Framework tem evoluído e é free! Atualmente o Sparta está sendo usado para desenvolver o novo grande sucesso do INdT, o Wake Woody, idealizado pelo Abraão Lucas, Designer daqui,

e também sendo feitos pelo Thiago(O Valle) , Heitor e pelo Paulo, nosso mais novo estagiário do “INdT Studios” 😀

Bom, pessoal, acho que já dá pra começar. Vão na página do projeto, baixem, conheçam, um pouco mais sobre o framework, porque em breve disponibilizarei um passo a passo para que possamos fazer nosso primeiro jogo com o Sparta, o “Shooter”. Fiquem ligados!

Anúncios

Você usa seu e-mail para quê?

14 de dezembro de 2012 2 comentários

gmailwp81_640_large_extra_large

Um amigo me mandou um link. Ele parecia bem preocupado. Eis a url:

http://mobile.theverge.com/2012/12/14/3768274/google-gmail-activesync-windows-phone

Resumidamente, o link mostra que a Google vai vetar, a partir de Janeiro de 2013, que a empresa vai remover o suporte ao protocolo  ActiveSync,

usado pelo Windows Phone e Windows 8, deixando os usuários desses sistemas sem a solução de mail deles.

Don’t be Evil, hein? 😀

Quer saber? Tiro no pé da Google.

shoot-yourself-in-the-foot_thumb

Fazendo uma análise rápida, quais são os serviços relevantes da empresa hoje em dia?

1 – Busca

2 – Gmail

3 – Mapas

4 – YouTube

5 – Reader

6 – Docs

7 – Orkut/Plus

8 – Blogger

9 – Picasa

Desses, alternativas pro Windows Phone:

1 –No mobile, pelo fato de você apertar um botão e pesquisar, nem lembro que não to usando o Google nesse contexto.

2 – Já já comento.

3 – Nokia Drive, no celular, supre completamente o usuário dos Lumias.

4 – Não afetado pela notícia. Esse eu  me preocuparia 😀

5 – A moçada não tem mais costume de feeds.

6 – Isso ainda não pegou. O Office, offline, ainda reina absoluto.

7 – Facebook

8 – WordPress

9 – Instagram. Ups.

Mas o lance do Google, é que ele não quer ter mais compatibilidade nem com o telefone nem com o SO, o Windows 8. Já disse que não vai fazer App nenhuma pro sistema.  Mas eles esquecem que não estão bem, nem no mundo corporativo, nem no mundo desktop.

O Android está mundo bem, mas nos celulares. Os tablets não pegaram, muito menos androids em notes. O Ecossistema deles nem existe!

http://meiobit.com/112823/futuro-ex-executivo-da-samsung-elogia-ecossistema-da-apple-e-diz-usar-produtos-dela-em-casa/

Sobre o Gmail, algumas considerações

1 – Uso mail muito mais pra trabalho do que pra qualquer outra coisa. Não vai ser afetado pelo anúncio.

2 – Se você perceber, a gente usa cada vez menos mail no dia-a-dia do que já usávamos. O meu não serve quase mais pra nada, a não ser me cadastrar em alguns sites…e o facebook tem facilitado isso com o “login with facebook”. E para receber spam.

3 – Apesar de feio, chato e bobo, todo mundo tem hotmail. Apesar de ninguém admitir  😀

Então, nessa atitude, as pessoas podem começar a perceber…que e-mails não fazem tanta falta assim. Já pensou?

2255499619_99d5e0f737_n

Então, keep calm. A Microsoft pode correr atrás, e implementar o suporte como a Apple fez, ou pode botar dela na reta e esperar o que as pessoas comuns farão.

Até pq entre gmail no celular ou um telefone bonito, Nokia, e com uma câmera bacana, elas acabem por optar pelo segundo.

Minhas esposa perdeu o N8 dela. Tá chorando até agora pela câmera. 😀

Temos que entender que o foco da Nokias são as pessoas comuns, não os Power Users.

E fora, a moçada que ainda considera privacidade algo muito relevante:

 

Não me entendam mal. Uso gmail até hoje, até porque qualquer tipo de migração seria bem trabalhosa e o serviço me serve muito bem. Mas meramente levanto a importância de repensarmos acerca do e-mail, do conceito mesmo. De repente, não teria sido o melhor terreno possível para o novo capítulo da guerra entre as empresas.

Win a Harley!

7 de novembro de 2012 Deixe um comentário

Ok, se precisavam de um incentivo para os devs colocarem a mão na massa, acho que nessa a Microsoft Acertou. God, é uma Harley e pode ser sua! E aí, o que estão esperando? Uma imagem vale mais do que mil palavras certo? Então toma:

E Aproveitem para gerar uma versão pro Windows Phone 8. Vocês vão se espantar em ver que as modificações são mínimas e você pode ser aproveitar dos mais de 10 milhões de donos de Windows Phones atuais e abrir a possibilidade de botar mais uma graninha no bolso 🙂

Regulamento: http://msdn.microsoft.com/pt-br/jj721636

Melhor do que isso só um Camaro Amarelo que vira robô 😉

Don’t Panic: Sobre Atualização do Windows Phone 8 nos WP Atuais

22 de junho de 2012 6 comentários

Quarta-Feira. Windows Phone Summit. Assistindo ao vivo, uma perguta que há muito se fazia foi respondida. Windows Phone atuais, mais especificamente os Lumias receberão atualização pro Windows Phone 8, codinome “Apollo”?

Lá estava eu, ansioso, com fome (o diabo do evento começou 12:00 em Manaus), adorando as novidades, SD, NFC, código nativo (trabalhei grade parte da minha vida com C++ e adoro a linguagem), a linda confusão da nova Start Screen. E chega o momento.

Os Windows Phone 7.5  atuais não receberiam o Apollo, e sim uma versão chamada de Windows Phone 7.8.

Primeira coisa que veio na minha cabeça:

Nooooooooo

  1. Quem comprou os Lumias vão se sentir logrados.
  2. Ninguém mais vai comprar Lumias, para esperar a próxima geração.
  3. Fragmentação!

Rapidamente a maioria dos blogs começaram a malhação do Judas pra cima da Nokia.

“Windows Phones atuais não receberão a atualização para Windows Phone 8” – Dizia a maioria.

E os comentários…a, a ira de quem comprou recentemente…O escárnio dos Droids, o desdém da Tribo de Jobs.

Depois de levar uns esporros no Twitter, vi duas mensagens que me fizeram pensar:

We will bring the elements of WP8 to Lumia 900 that aren’t tied to the new hardware. @series11 @windowsphone

Nokia USANokia USA ‏@NokiaUS

@bazarnov Nokia will bring strive to bring WP8 elements to existing Lumias, including the more flexible start screen

Oras, se o sistema atual, WP 7.5, vai receber os “elementos” do Apollo que não estão ligados a Hardware que os modelos atuais nem sequer possuem, então o sistema vai trazer a experiência WP 8 pros Lumias. Então os modelos atuais vão ser atualizados!


Ohh yes, Sir!

É como as atualizações da Apple, só que eles diriam que o Apollo viria pros telefones atuais, mas nas versões anteriores, quando você fosse atualizar, notaria que não vieram algumas coisas, que o sistema veio “capado”. Como o caso do Siri que só roda no 4S ou quando eu tinha um 3G, não veio o multi-tasking com a vinda do iPhone 4. Seria mais inteligente? Provavelmente. Mas não seria sincero.

Se pensar bem, essa atualização foi imensa, foi uma mudança quase que completa. Mudou o Kernel, o coração do bicho! Seria como trazer o MacOS X pro iPhone e querer que nada ficasse pra trás.

Isso, Shared Core. Desenvolveu pra um, roda no outro.

Beleza, minha experiênca já vai ser a mesma do que dos Windows Phone 8.

Mas resta uma questão. E os Apps?

Todos os Apps desenvolvidos pro 7.5 rodarão normalmente no Apollo. O problema é o inverso. Como são “Kernels” diferentes, Apps feitos pro 8, especificamente, não rodarão nos anteriores.

Mas calma aí. O Windows Phone 8 será lançado lá fora em Outubro! Quando chega no Brasil? provavelmente 4 meses depois, Fevereiro de 2013. O Visual Studio pra desenvolver para Windows 8 ainda nem foi lançado, ainda está em fase de Release Candidate. Aí começaria essa situação, e você, que tem um Lumia, já vai estar usando seu telefone há mais ou menos um ano, que é o tempo médio que um usuário “antenado” troca de telefone. E o usuário comum? Esse é que não tá nem aí para esse assunto 🙂

E ainda por cima, ao desenvolver, se entendi bem a palestra, você vai poder escolher se quer compilar e publicar somente pra Apollo ou também para os anteriores. Você, como desenvolvedor, que quer o maior público possível, escolheria realmente publicar somente pro Windows Phone 8 e ignoraria os Lumias atuais? É, nem eu.

Então moçada, meu recado simplesmente é:

Tá a parte do “mimimi” ficou um pouco agressiva, mas foi a melhor imagem que eu achei 😀

Fiquem tranquilos e aproveitem seu Lumia. Eu mesmo espero ansiosamente pelo Lumia 900 que tá chegando.

O Ecossistema

13 de março de 2012 Deixe um comentário

Semana passada foi lançamento do “novo” iPad. O Tablet, que já era animal, ganhou mais umas “cositas” que o tornou ainda melhor. A resolução, o gerenciamento das fotos. Mas o que estava de olho mesmo era no lancamento da Apple TV. Principamente depois do anúncio recente do Mountain Lion pro Mac. Por quê? Pelo ecossistema que a Apple está cada vez mais correndo atrás. Porque eles sabem que esse é o futuro da tecnologia na vida das pessoas. Não só mais um produto revolucionário, e sim a extensão da experiência do usuário com os produtos existentes e por outro lado ainda fidelizando os clientes. Você pode não estar percebendo, mas as empresas já estão correndo pra isso.

Não entendeu? Foi de propósito :D. vamos por partes.

O que é o Ecossistema?

Como citei nos posts anteriores, hoje em dia as fabricantes perceberam que, além de features,  deve-se valorizar a experiência do usuário com seu dispositivo. E essa experiência se resume a Entrada e Consumo de dados, além da Mobilidade. É, só isso. Mas o pulo do gato atual é prover essas coisas, da forma mais confortável, nas ocasiões corretas e de um modo que seus dados estejam sempre lá. E que você não tenha que se adaptar entre a experiência de utilização entre os dispositivos…que seja completamente fluida e intuitiva. Isso é o que o Ecossistema vem prover.

O Ecossistema são divididos, atualmente em 4 pilares. Coloquei notas pra categorizá-los em termos de experiência, que vão de 0 – Inexistente a 5 – Ótima.

1 – SmartPhone – Consumo de Dados: 2, Mobilidade: 5, Entrada de Dados: 4

O pilar mais móvel. Está sempre com você já que é um telefone. Então, pra não ser desconfortável, deve ser pequeno o suficiente pra ser portátil. Com essa características, é o device perfeito pra fotos eventuais, e consultas rápidas às redes sociais, mensagens e Compromissos. Com seu teclado bem adaptado às mãos, especificamente aos dois polegares, é um bom dispositivo de entrada de dados rápidas. Bom também pra consumo de músicas e utilização de Apps úteis no cotidiano.

Ex.: Nokia Lumia, iPhone, Samsung Galaxy, PS Vita

2 – Tablet – Consumo de Dados: 3, Mobilidade: 4, Entrada de Dados: 3

Pilar também móvel, “pero no mucho”. Tela maior impede de levar no bolso, e a Entrada de Dados não é boa, já que, segurando com as duas mãos, toda a extensão do teclado não é alcançada. Acaba-se usando então com uma mão segurando, outra digitando, geralmente o indicador. Porém a tela maior ajuda a consumir dados melhor do que no SmartPhone, e quase tão bem como no PC. E diferente do PC, ele é muito menos trabalhoso pra se transportar, mesmo dentro de um mesmo ambiente.

Ex.: iPad, Galaxy Tab, um futuro “provável”  Tablet Lumia.

3 – Computador Pessoal/Laptop – Consumo de Dados: 3, Mobilidade: 3, Entrada de Dados: 5

O Pilar ainda menos móvel. Mas como a tela é geralmente maior que do tablet, e a entrada de dados é imbatível, tirando a telecinese. É o mais confortável de se consumir e inserir dados. Mas é chato de transportar. Geralmente, o trabalho corporativo é feito nele, já que geralmente tem um Hardware decente.

Ex.: Macbooks, Laptops Windows, Laptops Linux, Chromebook.

4 – Media Center – Consumo de Dados: 5, Mobilidade: 1, Entrada de Dados: 2

O Pilar praticamente imóvel. Mas tem um consumo de dados como principal foco. No caso, ele é o cara que você vai querer consumir a mídia que você baixou com os outros pilares, como filmes e jogos. Nada melhor do que você sentar no sofá, e ver um filme na sua TV, por exemplo. O único problema é o fato de que Entrada de dados é muito limitada. Até porque você provavelmente vai estar distante. Mas coisas como controle por gestos ou voz, além de poder usar o Celular como controle, melhoram essa experiência.

Ex.: XBox, Apple TV, Google TV, TVs Inteligentes(Samsung, Sony Bravia, LG), Playstation.

A Day in the Life

Então, qual é a grande sacada? A mudança no seu dia-a-dia.

– Em trânsito, use seu smartphone, claro. Redes Sociais, Músicas, Fotos, GPS, até Chat, sempre com você.

– Na sua estação de trabalho,  mudança de contexto pra Laptop. Nesse momento, não é necessário mais nenhum dos outros gadgets. Consumo e inserção de dados de forma confortável.

– Chegou em casa.

Vai ler? Pega o Tablet. Dá pra sentar no Sofá ou na cama e se divertir.

Vai jogar? Se o Media center for um Console de Vídeo-Game, acesse o conteúdo da nuvem, baixe seu jogo e bom divertimento.

Vai ver um filme? Liga o Media Center, prepare uma pipoca e aproveite seu sofá e sua TV de dezenas de polegadas. Ou pegue o tablet, e como o conteúdo está centralizado na nuvem, sente no seu quintal, puxe uma cerveja e have fun.

E como já disse, se você usa os produtos do mesmo ecossistema, seus dados estão sincronizados na nuvem dessa solução. Como exemplo, temos o Skydrive, da Microsoft e o iCloud da Apple. E o modo de interação com o dispositivo sendo o mesmo, a mudança de contexto é imediata. Por isso a Apple está correndo pro Mountain Lion e Apple Tv. Por esse motivo, a Microsoft vai unificar seus pilares pra rodarem todos com o mesmo Windows 8 e a mesma interface Metro.

Então veja o que falta pra completar sua coleção e curtir essa experiência em sua plenitude.

– Se você quer ir pro Ecossistema da Apple, tem que ter um iPhone, um iPad,  a Apple TV e um Mac. Meio caro, mas estão montando direitinho.

– Se preferir o ambiente Microsoft,  Um Laptop com Windows, um X-Box, um Windows Phone e o Tablet Windows. Mais em conta, principalmente se você já tem um PC com Windows. E ainda ganha um video-game de lambuja 😀

– Se quiser ir pro Google…esse ainda tá tentando se encontrar.

Nokia e Microsoft – Por que vai dar certo – Season Finale – O Terceiro Player

Continuação da série de artigos “Nokia e Microsoft – Por que vai dar certo”. Pra ver o post anterior clique aqui.

Connecting People – Put People First

Duas Marcas fortes. Uma especialista em Hardware, que costuma ser imbatível. Outra especialista em Software, que conseguiu fazer um ótimo trabalho e sempre manteve um ótimo relacionamento com os Desenvolvedores. Provavelmente um preço agressivo. Surge mais um Player muito forte. E pelo meio de duas empresas, que têm por característica, se reinventar.  Mas ainda não bati no ponto forte, no maior trunfo, na coisa que realmente vai revolucionar o modo como nos relacionamos com nossos gadgets: O Ecossistema. Mas isso é assunto pro próximo post, em breve.

Nokia e Microsoft – Por que vai dar certo pt.7 – Nokia strikes back

Continuação da série de artigos “Nokia e Microsoft – Por que vai dar certo”. Pra ver o post anterior clique aqui.

Nokia Strikes Back – Microsoft Joins the Party

De repente o Android virara um Frankenstein. Com a experiência do Meego, a Nokia simplesmente tomou uma decisão drástica. Não queria ser mais do mesmo abraçando o sistema do Google. Não queria o lugar comum das telas com ícones clicáveis, aliás, coisa que ela mesma criou, queria algo diferente. Mas não restava muito tempo, pelo “time- to-market” ela estava bastante atrasada, e as séries “low-end” não iam segurar o tranco por muito mais tempo. Não iria seguir o desenvolvimento do Meego, não poderia mais se dar ao luxo de fazer algo do zero. Olhou o mercado pra ver o que tinha de interessante e já pronto, ou quase. Então a Microsoft, que tinham o novo Windows Phone 7 no LG e no HTC, mas  de forma um tanto  tímida, e a Finlandesa, não sei por iniciativa de quem, sentaram pra uma conversa. A Microsoft queria se recuperar porque também ignorou o mercado e achou que o Windows Mobile ia viver pra sempre, correu atrás e criou uma nova metáfora, os Tiles, experiência positiva do Zune. Juntando, a Microsoft, cuja especialidade é desenvolver software, e a Nokia, que tem um “Brand” forte em Hardware. Pode dar certo.

Surge o projeto Lumia. O Hardware do N9 era muito bom. Aproveita  o bicho. Windows Phone é muito bom também. Junta um com o outro, quase um ano depois e têm-se os Lumia 800. Tive a oportunidade de tê-lo em mãos na Campus Party em 2012, usando no dia a dia por uma semana. Achei fantástico. Da Nokia, como já dito, pegou o design do N9, e os já tradicionais durabilidade da bateria, robustez, câmera de altíssima qualidade. Da Microsoft, toda experiência com erros e acertos em décadas de desenvolvimento de software, culminando em um SO bonito, prático e robusto. Juntou também uma integração visceral com as redes sociais.

“Hands-on” no Lumia 800.

Coloquei minhas contas do Live, Face, Twitter e Google  e de repente parecia que eu tinha esse telefone à séculos. Contatos e Calendários sincronizados, Timeline mesclada e disponível, celular conectado no Live, Gmail baixado e operante. Junte a isso que o Office já vem nativo, juntamente com o Nokia Drive Offline, que é fantástico(A Nokia gastou uma boa grana nisso) e as “Capabilities” do Bing, pra uma busca interna bem efetiva. E o melhor, sem eu perceber, minhas mídias foram sincronizadas no Skydrive!

E não é só isso! Lembre-se que a Microsoft teve aquela experiência com o Zune, então, o tocador de mídia nativo é o próprio. Inclusive a Interface metro nasceu dele. Logo a experiência com Mídia e Vídeos já foi experimentada e lançada como produto final. E não decepciona. Adorei não precisar do maledeto iTunes. Uma das razões do Jailbreak que fiz no iPhone foi justamente pra poder usar outro gerenciador de mídias.

Só faltam as Apps.

Mas até nesse aspecto, good news. A Microsoft disponibiliza uma IDE  fantástica para desenvolvimento de software O Visual Studio Express for Windows Phone, especificamente. A curva de aprendizado da IDE é simples, a linguagem é C# ou VB, E se você for estudante, tudo é de graça.

Somando o fato de que a Nokia vai lançar modelos do “mid-range” pro “High-end”, e o fato da Market Place da Microsoft não permitir aplicativos porcaria, está sendo muito atraente pra novos desenvolvedores. E com isso, a quantidade de Apps está crescendo muito(de 7K para 65K), inclusive os Ports de aplicativos que já existem em outras plataformas, essa é uma grande oportunidade dos devs monetizarem também com essa nova plataforma. Dessa forma, o gap de apps tende a diminuir agressivamente inclusive, com o port de alguns já existentes. Além do mais, Institutos Nokia do mundo inteiro, inclusive o de Manaus já possuem equipes trabalhando em vários projetos de apps para que isso não seja um ponto negativo pra quem pensa em comprar um WP.

Por fim, no próximo artigo, a conclusão dessa estratégia no post Season Finale – O Terceiro Player